8 dicas para otimizar campanhas no Google ADS com pequenos orçamentos

8 dicas para otimizar campanhas no Google ADS com pequenos orçamentos

Sejamos honestos: a coisa mais desesperadora para um empresa é perder dinheiro. Tratando-se de mídia paga então, deve estar no topo da lista de pesadelos. Por isso precisamos falar de como otimizar campanhas no Google ADS!

Aumentar a visibilidade e resultados da sua empresa na internet não é uma tarefa fácil, e com um orçamento enxuto, a missão recebe ainda mais pontos na escala da dificuldade. Quando o orçamento é pequeno, você precisa tirar proveito de cada detalhe e realizar determinadas campanhas visando extrair o melhor resultado com o menor valor.

Felizmente existem algumas técnicas para otimizar campanhas no Google ADS com um pequenos orçamentos. Vamos explorá-las?

1) Esteja ciente do cenário

O primeiro passo aqui é pesquisar em ferramentas como SemRush ou Planejador de palavras-chave do Google ADS para descobrir qual o volume de buscas do seu produto, em sua região, e qual o Custo por Clique aproximado.

Ciente destas informações, você estará um pouco mais realista com suas expectativas e poderá calcular quantos Cliques e/ou Conversões terá mensalmente. Outro ponto importante em estar ciente da situação é que isso lhe trará muito mais foco pois cada centavo será valioso.

Por exemplo, se você vende Cactos, tem R$ 1000 mensais para investir no Google Ads e ao pesquisar sobre o CPC médio do seu produto na sua cidade percebeu que para cada clique você gasta R$ 1,83, em um mês, você terá aproximadamente 546 cliques por mês – 18 por dia.

Mudando um pouco o cálculo: se você sabe que sua Taxa de Conversão no Google ADS é 7%, ao final do mês você terá gasto toda sua verba e vendido 38 cactos.

Leia também: O que é Lifetime Value e como usar essa métrica poderosa no seu negócio

Tendo uma visão geral destes números você poderá otimizar as palavras-chave sempre que perceber que estão custando mais que R$ 1,83. Você também ficará empolgado ao perceber que determinadas otimizações estão diminuindo seu CPC pois assim você conseguirá mais vendas com o mesmo orçamento. Interessante, não?

Agora que já temos uma estimativa do orçamento diário e mensal, podemos falar sobre os objetivos.

2) Tenha objetivos

8 dicas para otimizar campanhas no Google ADS com pequenos orçamentos

Aqui não é trocadilho, viu? Tenha objetivos possíveis realmente de serem alcançados. Muitas vezes ficamos empolgados por estar iniciando a trajetória da empresa no mundo digital e esquecemos que trata-se também de uma ferramenta com erros e acertos.

Um orçamento pequeno limita o número de campanhas, por exemplo, e você precisa escolher muitas vezes entre três ou quatro campanhas a que te trará mais resultados.

Seguindo com os dados que vimos anteriormente de R$ 1,83 cada clique e 18 cliques por dia, será que seria interessante você dividir esses 18 cliques em três campanhas diferentes – com 6 cliques em cada – ou, focar em uma e deixá-la rodando integralmente? O Google utiliza os recursos das campanhas para melhorar o desempenho e nesse caso, dividir a campanha em uma ou no máximo duas seria o ideal.

Leia também: Anúncios em vídeo: cruze a barreira da visualização e gere conversões

Se você tem o objetivo claro de vendas, visualizações, cliques, impressões, ligações – ou seja lá qual for seu objetivo – você poderá focar sua verba naquela campanha capaz de extrair os melhores resultados. A frase que diz “quem muito quer, pouco tem” cabe nesta situação.

Se você quer todos os objetivos que listamos acima, foque dois ou três meses em um e depois mude, talvez após ver os resultados você pensará, inclusive, em expandir sua verba.

3) Anuncie para a sua Persona

O Google ADS disponibiliza diversos recursos de segmentação para que seja possível você ser o mais assertivo possível. Lembre-se de ter atenção nas configurações das campanhas. Essa é a parte onde você determinará qual a região que quer atingir, qual a idade do público, quais palavras-chave e canais são interessantes pra ela, e assim por diante.

Sim! Quanto mais segmentado, mais seu público estará restrito e é isso que você quer: atingir somente pessoas que te ajudarão a atingir seus objetivos.

A segmentação geográfica, por exemplo, é uma das primeiras configurações que você precisa decidir. Você quer atingir sua cidade, cidades vizinhas, seu estado ou outro país? Quanto maior a área geográfica, mais espalhado ficará seu dinheiro.

Ah, considere também adicionar locais negativos nos quais você não tem nenhum interesse em fazer negócios, para impedir que seus anúncios apareçam naquela região.

4) Disponibilidade por horários

8 dicas para otimizar campanhas no Google ADS com pequenos orçamentos

Otimizar campanhas no Google ADS pode ainda envolver o uso de horários de mnaior busca. Se você já tem anunciado há algum tempo ou, possui o Analytics em dia, você terá acesso à informação sobre os horários em que as pessoas acessam e convertem no seu site.

A programação de anúncios irá te ajudar a controlar o orçamento pois exibirá os anúncios apenas nos dias e horários determinados por você. Se seu objetivo é receber ligações e sua empresa trabalha em horário comercial, não faz sentido anunciar após as 18 horas. Se ela não abre durante os finais de semana, é dinheiro sendo desperdiçado caso algum possível comprador liguei no domingo. Certo?

Se você possui um e-commerce e vende seus produtos totalmente on-line, está sempre aberto, mas isso não significa que você não possa usar os dados a seu favor. É inteligente analisar os relatórios de dias e horários e determinar lances menores para os momentos com menos procura ou conversões.

5) Correspondências das palavras-chave

Se você já fez uma campanha de “Pesquisa” no Google ADS já deve ter reparado que existem outras formas de anunciar as palavras-chave, além da aberta.

Essas correspondências são de extrema importância para controlar o orçamento pois muitas vezes a mesma palavra – com correspondência diferente – acaba custando de R$ 0,05 à R$ 2,00 mais barato.

Por exemplo:

+cacto +florianopolis (correspondência aberta) = R$ 2,10

“cacto florianopolis” (correspondência de frase) = R$ 1,57

Leia também: SEO: Os fatores de correspondência mais importantes segundo o SemRush.

Analise diariamente as palavras que comprou em sua campanha e se encontrar alguma com lance maior que o normal, tente pausar e incluir a mesma palavra de outra forma. Estude todos os tipos de correspondências existentes e acompanhe qual ativou seu anúncio.

Além das correspondências, o lance para palavras-chave mais genéricas pode ser muito competitivo e custar mais alto. Neste caso procure palavras-chave mais específicas e fechadas para o seu produto ou negócio . Estas otimizações combinadas com a de horários que falamos anteriormente podem trazer resultados bem satisfatórios.

6) Palavras-chave negativas

8 dicas para otimizar campanhas no Google ADS com pequenos orçamentos

Tão importante quanto as palavras-chave das campanhas, as palavras-chaves negativas são responsáveis pela não-visibilidade em algumas situações. Por exemplo, se você vende cacto reais e não artificiais, a pessoa que estiver procurando por um produto de plástico entrará no seu site – gastará o valor de um clique – e sairá insatisfeita.

Pense em palavras que não fazem sentido mas que podem ser associadas ao seu negócio e verifique os termos que estão ativando seus anúncios. Negative-as e fuja dos gastos desnecessários.

7) Use as extensões de anúncios

As extensões de anúncio disponibilizadas para campanhas de Pesquisa podem chamar a atenção do público alvo para o anúncio. Além disso, elas fornecem informações adicionais e que podem não caber no texto de corpo do anúncio.

As extensões podem incluir:

  • Endereço
  • Sitelinks.
  • Chamadas.
  • Telefone.
  • Snippets estruturados.
  • Frases de Destaque

O Google também fornece algumas extensões de anúncio dinâmicas. Elas são extensões automáticas que mostram os detalhes do seu site, adicionados ao texto do anúncio.

8) Rede de Display

Aqui voltamos a falar dos seus objetivos. Se você quer mais visualizações, mais impressões, mais cliques e, por que não, mais conversões, avalie utilizar campanhas de Display. Você pode escolher algumas formas de segmentação e no geral, com Custo por Clique bem mais baratos que as campanhas de Pesquisa.

Além disso faça com que sua empresa impacte usuários que acessaram seu site mas não finalizaram alguma ação, através de campanhas de Remarketing. Você aparecerá em diversos sites e pagará algo em torno de R$ 0,35 por clique, dependendo do segmento e segmentação.

Estas campanhas podem te fornecer mais visibilidade por um custo bem menor. Vale a pena avaliar.

8 dicas para otimizar campanhas no Google ADS com pequenos orçamentos

Dica extra: tenha atenção com a otimização de lances da sua conta (por horário, dispositivo e assim por diante) pois poderá exceder o orçamento diário para maximizar os cliques. O interessante aqui é sempre por um valor diário de R$ 1 ou R$ 2 menor que o ideal.

Contas de empresas com orçamentos baixos podem ser tão eficazes quanto grandes se forem gerenciadas corretamente. Se você quer ajuda para otimizar os custos do seu orçamento de mídia paga, entre em contato com a gente clicando aqui!

Ah, e não esqueça de compartilhar o post nas suas redes sociais e ajudar mais pessoas a otimziar campanhas no Google ADS e ter bons resultados mesmo com orçamentos mais enxutos.

8 dicas para otimizar campanhas no Google ADS com pequenos orçamentos

Thaíse Schmitz
Analista de Links Patrocinados

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *