Como usar vídeos para vender mais e aumentar o engajamento

Como usar vídeos para vender mais e aumentar o engajamento

Os vídeos não são nenhuma novidade. O consumo de vídeos na internet cresceu 135% em quatro anos e hoje representa 80% do que consumimos online. Nos EUA, pela primeira vez, os consumidores passaram mais tempo no celular (226 minutos por dia) do que assistindo TV (216 minutos). No total, eles passam 6,3 horas por dia no digital. 

Ou seja, mais do que estar online, os consumidores estão conectados assistindo vídeos. Por isso, produzir vídeos e se comunicar dessa forma, não é mais nenhum diferencial, é questão de sobrevivência para as marcas. 

Neste post, além de mostrar a importância de trabalhar com vídeos, vamos falar sobre o passo a passo para produzir vídeos de sucesso e que façam sentido para a sua empresa. Vem com a gente! 

Por que vídeos?

Seus clientes, assim como você, tem dias corridos e um feed lotado de fotos e informações. Os vídeos tem um poder de imersão surpreendente e por isso é importante considerar este meio para os seus próximos conteúdos.

Vídeos em formato de infográfico, tutoriais, videoaulas e até animações são os que mais chamam a atenção por oferecer conteúdos ricos e interessantes principalmente quando a sua estética é atraente.

Leia também: 4 dicas para aumentar a satisfação dos seus clientes e vender mais

Algumas dicas

Agora que você já sabe da importância de adotar os vídeos como mais um meio de comunicação para a sua empresa, veja algumas dicas indispensáveis para ter sucesso na sua estratégia.

Estudo da persona

O fator mais importante do planejamento do seu conteúdo é saber para quem você vai fazer esse material. Os vídeos funcionam muito bem em diferentes campanhas, com diferentes objetivos. Seja para posicionamento de marca, campanhas internas, campanhas promocionais ou tutoriais, vídeos são sempre uma ótima opção para transmitir a mensagem de forma efetiva. 

Brainstorm

É aí que você junta todas as suas ideias e deixa tudo pronto para passar para o papel. Dinâmicas entre os colaboradores podem gerar ideias incríveis e fazer nascer roteiros diferentes e criativos.

Roteiro

O roteiro é a parte fundamental na hora da gravação e edição, é onde você escreve o que será mostrado e falado, o que evita de seu vídeo se tornar muito longo, cansativo ou ter conteúdos redundantes e pobres.

Direção de arte

Assim como você se preocupa em manter sua identidade visual em suas campanhas e peças gráficas, o seu vídeo pode ser mais atraente se seguir as mesmas ideias de cores e formas que seus outros conteúdos. Um bom exemplo é a Fanta, que desde o início de seus comerciais utiliza fielmente sua identidade visual, fazendo assim a aplicação da própria marca ser dispensável.

Leia também: Design Thinking no Marketing Digital: como isso revoluciona tudo

Qualidade

Se você pensa em gravar você mesmo o seu vídeo, ele não precisa ser de uma qualidade descomunal em termos de resolução de câmera. Isso porque a maioria dos acessos será efetuado por meio mobile com telas pequenas, e não telas grandes. Porém, é importante pensar na iluminação em que seu vídeo será gravado, nos ruídos do áudio, enquadramento e edição final. 

O seu material não precisa ter qualidade de cinema, mas não pode ser amador. 

Como usar vídeos para vender mais e aumentar o engajamento

Acessibilidade

Mais um motivo para você adotar o vídeo em suas estratégias é que com o planejamento correto e junção de textos, vídeo e áudio você consegue oferecer um conteúdo acessível à todos. Desde crianças, PcDs e idosos.

Em vídeos distribuídos online, legenda é fundamental, não só pela acessibilidade, mas porque 85% dos vídeos são reproduzidos sem som no Facebook. Ou seja, sem legenda, 85% da audiência poderá não compreender sua mensagem. 

Como usar vídeos para vender mais e aumentar o engajamento

É importante que não abrir mão dos textos na descrição, dando uma breve explicação sobre o que se trata o vídeo ou até um resumo do conteúdo. Por vários motivos os usuários podem não estar dispostos a assistir o vídeo.

Formatos de Vídeo

Que os vídeos chamam mais atenção do que qualquer outra mídia já sabemos, mas há vários tipos de formatos que você pode adotar. À seguir listaremos alguns exemplos de formatos e as aplicações mais eficientes.

Animações

Você pode usar esse tipo de formato se quiser fazer uma campanha mostrando seus produtos no caso de uma loja de varejo, ou também um infográfico com conteúdo interessante que tenha a ver com o seu produto ou serviço.

Tutoriais e videoaulas

Disponibilizar tutoriais de como utilizar o seu produto atrai tráfego de pessoas interessadas no que você oferece e também pode evitar que seus clientes tenham problemas na utilização e diminui custos com assistência técnica, garantia e afins. Além disso uma página que disponibiliza vídeos tem 41% mais de chance de entrar para a primeira página de busca orgânica.

Demonstrações de Produto

Em tempos de e-commerce é cada vez mais importante passar credibilidade e mostrar como o produto é na prática, sem Photoshop ou ângulos que podem trazer percepções equivocadas. Nessa hora usar vídeos em lojas virtuais pode ser muito acertado. Segundo a Marketing Profs, páginas de produtos que tenham vídeos têm 37% a mais de conversões do que as páginas que não possuem vídeos. Ou seja, vídeo vem, e muito. 

Uma das empresas que usa essa estratégia é o Magazine Luiza: 

Vídeo institucional

Os vídeos institucionais são excelentes para posicionar sua marca no mercado, mostrar sua missão e o que sua empresa tem a oferecer. É o tipo de comunicação que costuma gerar emoções nos espectadores, principalmente se o roteiro for pensado como um storytelling. Geram credibilidade e podem ser usados tanto nas redes sociais, sites e até apresentações da empresa.

Leia também: O que é e como funciona o Google ADS? Conheça as principais formas de anunciar

Depoimentos

Melhor do que você falando sobre o seu produto, é o seu cliente já fidelizado falando para seus outros clientes sobre como o seu produto é importante na vida dele. Além disso, os depoimentos podem ser usados também para apresentações dentro da empresa direcionadas para seus colaboradores, o que gera motivação e estímulo.

Concluindo

Agora que você já sabe um pouco sobre o mundo do audiovisual, vale a pena estudar qual dos tipos de vídeos e conteúdos se adaptam melhor ao seu negócio e sua estratégia e quando utilizá-los. Se você quer saber mais sobre como gerar mais conversões em anúncios em vídeo não deixe de entrar em contato com a gente.

Como usar vídeos para vender mais e aumentar o engajamento
Gabrielly Viegas
Produtora Mulltimídia

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *