Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Já falamos aqui no blog, em vários posts, de métricas do Google Analytics que são superimportantes em uma estratégia de marketing digital. Mas hoje, especialmente, você vai aprender um pouco mais sobre como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital.

O Google Analytics faz um monitoramento do tráfego do seu site e para ajudar você a tomar decisões inteligentes sobre as suas campanhas utilizando essa incrível ferramenta, vamos focar de forma que ao final da leitura você consiga responder algumas perguntas:

  • Como meu público encontra meu conteúdo? (Relatório de canais)
  • Qual parte do meu conteúdo tem o melhor desempenho? (Relatório da página de destino)
  • Quantas pessoas novas estou trazendo para o meu site mensalmente? (Relatório novo vs. retorno)
  • Quanto tempo uma pessoa leva para converter no meu site?
  • Qual o perfil de público que meu site está recebendo?

Tendo estes e outros dados como norte, você poderá melhorar muito as suas campanhas. Ou seja, você utilizará dados do seu próprio site para tornar suas campanhas mais assertivas e consequentemente gerar mais conversões. Chega de imaginar números! Vamos começar?

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Falamos aqui sobre algumas perguntas que o Google Analytics poderá responder para que você otimize suas campanhas, mas, antes disso, é preciso entender como os dados da ferramenta estão divididos:

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Público:

aqui será possível identificar as informações sobre quem acessa o seu site. Você poderá ver informações geográficas e demográficas, tipos de dispositivos que utilizam, sistema operacional, idiomas, e muito mais.

Aquisição:

nesta parte será possível encontrar informações sobre como os usuários chegaram ao seu site. Aqui você já terá uma visão sobre suas campanhas – se elas estão ou não trazendo tráfego para o site.

Comportamento:

como o próprio nome sugere, possui informações sobre o que os usuários fazem dentro do seu site: quais páginas acessam e em que página entram e em que página saem.

Conversões:

aqui estará o ouro da mina! Neste ponto você poderá acompanhar as conversões e metas que propôs para o seu site. Você poderá monitorar o preenchimento de um formulário, o clique em um número de telefone, o download de um e-book, etc.

 

Descobrindo mais sobre o seu público

Começando por “Público”, esqueça a parte que contém uma “Visão Geral” e foque no primeiro tópico que te ajudará a tomar decisões inteligentes: Informações Demográficas.

Aqui, você terá acesso a idade e sexo dos usuários do seu site. Dessa forma, você pode ir até suas campanhas no Facebook Ads, Google Ads etc, e dar lances maiores ou focar nas segmentações que incluem esse perfil.

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

No campo “Interesses” será possível acompanhar duas segmentações: Interesses por Categorias de Afinidade (alcance) que são pessoas com maior probabilidade de estar interessada nos assuntos listados. Já o “Segmento no mercado” estão mais inclinados a comprar produtos ou serviços inclusos nos assuntos listados.

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

A dica aqui é utilizar estas categorias para segmentar suas campanhas, principalmente se você não tiver ideia do que seu público gosta. Aqui, por exemplo, os usuários que acessam este site também acessam sites de Culinária, Notícias e Casas & Jardim.

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Em “Geográfico” você pode acompanhar os dados de Localização dos usuários além de detalhes sobre o Idioma. Esta é uma boa oportunidade para verificar se está na hora de abrir uma filial em outros lugares do país, ou expandir o seu sistema de tele entrega. Ok?

Tratando-se do relatório “Comportamento”, clique em “Novos X Recorrentes” e confira a quantidade de usuários que estão retornando para o seu site (Recorrentes), e os que estão indo para o seu site pela primeira vez (Novos). Tenha atenção a estes dados especialmente se você tiver metas de marketing que giram em torno do crescimento do público-alvo (Tráfego).

Este relatório em si não é muito focado em Conversões, mas você pode ter insights relacionados à criação das campanhas devido a verificação das etapas do funil que seus usuários estão. Muitos usuários novos e sem conversões, significa que os visitantes estão no Topo do Funil. Trata-se então de um relatório importante pois revela se o seu conteúdo atual está fazendo um bom trabalho ao apresentar sua marca a clientes em potencial (novos ou recorrentes). Para ter acesso aos dados do público que converteu, clique em “Adicionar segmento” e escolha Conversões.

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Em seguida, temos acesso ao relatório de Tecnologia e Dispositivos Móveis. Estes relatórios te mostrarão se os usuários estão acessando seu site através de um computador ou celular. Além disso, será possível verificar o sistema operacional e qual a operadora. Estes dados podem ser bem interessantes caso você esteja pensando em criar um aplicativo, ou ainda, para refazer seu site focado no mobile. Você também pode dar lances maiores para mobile caso a maioria dos acessos performem neste dispositivo.

Na categoria “Fluxo de Mercado” verifique em que/quais páginas o usuário entra no seu site e quais as próximas que acessa. Ele está saindo antes de chegar na página de conversão? Talvez signifique que você esteja direcionando o anúncio para a página errada. O usuário está saindo da página de conversão e indo para outra com mais informações? Significa que a página que você está direcionando os anúncios não é autoexplicativa e você corre o risco de o usuário sair do site/página para procurar a informação e não voltar mais.

Interessante, não? Agora vamos partir para o relatório de “Aquisição”:

Verificando de onde as pessoas vem

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Este relatório é útil para entender de onde vêm seus visitantes e quais são os canais mais eficazes para o seus conteúdos e campanhas.

Você também poderá ver quais canais estão gerando a melhor qualidade de tráfego e conversões para seu website. Isso pode ajudá-lo a identificar onde você precisa melhorar seu marketing de conteúdo.

É importante analisar os canais com melhores taxas de conversão e menores taxas de rejeição, e ainda, verificar se o canal que direciona para suas campanhas, está trazendo tráfego realmente qualificado. Isto é, você está investindo 50% da sua verba no Facebook, mas, este canal realmente gera resultados interessantes?

Além disso, mantenha-se atento aos padrões semanais ou mensais de tráfego no gráfico (parte superior da página). Se, por exemplo, você perceber um pico no tráfego toda quinta-feira, veja qual canal está trazendo o tráfego e tente entender por que isso acontece.

Da mesma forma, se você enviar um e-mail mensal no dia 15 de cada mês e observar um grande aumento no tráfego neste dia, verifique o relatório de canais para confirmar que o pico está vindo do e-mail marketing. Caso o tráfego venha de “Orgânico”, por exemplo, significa que as pessoas estão saindo do e-mail e indo até as plataformas de buscas para entender melhor sobre seu produto ou serviço.

Ah, lembre-se de não comparar os dados do Analytics com os de outros canais – como Gerenciador de Anúncios do Facebook Ads – pois podem haver discrepâncias.

Caso você tenha cadastrado metas para o seu site, altere as “Metas” em “Conversões” e verifique qual meta é melhor direcionada para cada canal. De repente E-mail converte mais para Ligações Telefônicas e Google Ads mais para Cadastros pelo site.

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Ao clicar em Google Ads você terá acesso aos dados das suas campanhas no Google Ads, porém, dentro da ferramenta do Analytics. Esta é outra forma de identificar qual Meta converte melhor em cada campanha.

Agora, outra parte muito importante: Relatório por Comportamento.

Como agem as pessoas dentro do seu site

É onde você identificará quais as páginas do seu site que trazem mais resultados, quais você deveria melhorar e quais deveria investir.

Se você quiser fazer uma campanha de Tráfego, visando maior reconhecimento de marca, e não tem ideia de quais conteúdos poderia impulsionar no Facebook e Instagram Ads, tente clicar em “Conteúdo do site” e veja quais as páginas do seu blog com maior acesso.

Se elas têm a maior parcela de acessos, significa que são mais interessantes.

Tente identificar algum padrão em termos de temáticas e tipo de conteúdo. Estes podem ser indicadores sobre conteúdos que seu público valoriza. Você pode checar quais foram os blogs menos acessados em determinado período e alterar o texto para que fiquem de acordo com as suas novas expectativas. Um texto velho pode se transformar num texto novo e atrativo rapidinho! 🙂

Falando ainda de conteúdo do site, alterne entre “Página de Destino” e “Página de Saída” para mais uma vez reforçar que você está – ou não – direcionando seus anúncios para a página certa (lembrando que diferente da visão geral em “Fluxo de Mercado”, aqui você pode conferir quais as metas que convertem em cada “etapa”.

Ainda neste relatório, possuímos o campo “Termos de Pesquisa” onde você pode tirar ideias de palavras-chave para usar nos seus anúncios.

Agora você já sabe quais páginas apresentam o melhor desempenho em termos de tráfego e conversões, sua etapa final é acompanhar as Conversões – uma das partes mais felizes pois é onde você consegue enxergar os resultados – você terá acesso a “Metas”. Aqui é onde você efetivamente verá o canal que mais está convertendo.

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Acompanhando os resultados na prática

O Google Analytics disponibiliza algumas opções de metas para que você cadastre de acordo com a sua necessidade. As metas de Destino, por exemplo, poderão ser atingidas quando o usuário visitar a página X ou Y, que você cadastrar (como uma página de agradecimento que o usuário acesso ao finalizar o download de um e-book, por exemplo). A meta de Duração, é alcançada de acordo com o tempo de permanência em determinada página e Páginas/Telas por Sessão é baseada no número de visitas que o usuário passa pela tela. Para finalizar, as metas de Evento são atingidas de acordo com uma sequência de acontecimentos que você determina, mas este é um pouco mais complexo e abordaremos em outro momento.

A grande vantagem desta parte de metas é poder cruzá-las com outras informações que estão disponibilizadas dentro do Google Analytics e que vimos anteriormente. Um exemplo prático de uma meta que usamos com frequência aqui na RUNNINGDIGITAL é o preenchimento de um formulário de contato no site. Toda vez que o formulário é preenchido, atingimos uma meta e conquistamos uma conversão.

Agora que você já percebeu que pode utilizar os dados do Google Analytics para otimizar as suas campanhas de marketing digital, é hora de colocar a mão na massa! Que tal jogar mais verba naquele canal que está dando resultado, e economizar naquele em que o Custo por Conversão é mais alto? Faça testes, analise, faça testes novamente, e mantenha-se sempre atualizado.

Continue acompanhando nosso blog para ficar por dentro de mais materiais ricos como este.

Como usar o Google Analytics para otimizar campanhas de marketing digital

Thaíse Schmitz
Analista de Links Patrocinados

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *