Os anos dourados do podcast são agora e você pode surfar nessa onda

Os anos dourados do podcast são agora e você pode surfar nessa onda

Há quem tenha dúvidas sobre o formato de podcast e da sua relevância, já que essa mídia nunca se difundiu expressivamente. Mas, a realidade mostra algo diferente.

O desenvolvimento da tecnologia e, principalmente, dos smartphones tem facilitado o acesso à essa mídia e permitido que ela cresça ano após ano.

Vivemos em um momento em que tudo à nossa volta tenta ocupar cada espacinho da nossa agenda. Os dias parecem mais curtos e as atividades rotineiras consomem a maior parte do tempo.

Então, parar tudo para assistir a um vídeo de 40 minutos ou ler um texto longo? Não, sem chance. E é aí que os programas de áudio brilham!

Por quê? Porque o ouvinte pode escolher o melhor momento para consumir aquele conteúdo. Porque ele não precisa olhar para uma tela por tempo demais e atrasar suas outras atividades. Porque no comando do programa, há um apresentador com quem ele se identifica e gosta. Basta pegar o fone de ouvido e apertar o play.

Leia também: Como extrair o melhor de cada rede social e acertar na escolha do conteúdo.

Um produto em ascensão

O conteúdo por áudio tem crescido nos últimos anos e tem se mostrado um ótimo recurso para atrair o público. Pesquisas apontam que o segmento cresceu quase 30% de 2018 para 2019. E está nessa crescente há quase seis anos.

O destaque é maior ainda no Brasil, com o crescimento de 67% em 2019, segundo pesquisa realizada pela Deezer.

O relatório disponibilizado pela Voxnest Brasil 2019 mostra que mais de 60% dos ouvintes consomem os programas em áudio através do Spotify, seguido pelo Apple Podcasts com quase 20%. Entre as categorias mais ouvidas estão: comédia (34,8%), negócios (31,2%) e religião e espiritualidade (14,3%).

O mercado de Podcasts está em constante evolução, e os recursos dedicados ao meio só aumentam. Um exemplo disso é a ferramenta lançada pelo Spotify – Spotify for Podcasters – que possibilita aos criadores de conteúdo traçarem o perfil do seu público, além de outras informações que não apenas dão insights sobre como melhorar a qualidade das suas produções, mas também indicam às marcas com qual criador deve se relacionar e anunciar seus produtos e serviços.

Essas informações são muito valiosas, pois uma pesquisa da Crown DNA, em parceria com o Spotify, aponta que 52% dos ouvintes de programas de áudio confiam em uma marca e sua publicidade se o apresentador também a apoiar.

E mais: até 81% da audiência realizou alguma ação depois de ouvir um anúncio durante o programa, como buscar produtos na internet ou conectar-se com a marca em questão nas redes sociais.

Leia também: O papel dos digital influencers na construção da sua marca.

Como o Podcast se encaixa no Mix de Marketing?

Os Podcasts já são indicados há alguns anos como boa oportunidade de investimento. No entanto, muitas marcas ainda não enxergam todo o seu potencial.

Uma das principais vantagens relacionadas ao conteúdo por áudio é a exploração do branded content. Ou seja, a produção de conteúdo relevante que envolve e engaja a audiência através de uma narrativa que não empurra produtos ou serviços agressivamente.

Por se tratar de um formato mais íntimo, os consumidores tendem a prestar mais atenção e entender melhor a mensagem passada.

Leia também: Storytelling para anúncios: como converter através de histórias?

Na dúvida, seja original

Nem todas as marcas optam por investir em programas já existentes. Há aquelas que apostam no seu próprio Podcast.

Essa opção, apesar de ser mais trabalhosa, pode gerar bons frutos, pois constrói uma comunidade fiel e engajada, que confia e se conecta com a empresa e o conteúdo consumido através de storytelling sólido.

Dessa forma, a marca passa a construir uma identidade mais humana, com a qual os consumidores podem se aproximar e relacionar.

E o que tudo isso quer dizer?

Quer dizer que de ultrapassado o formato Podcast não tem nada. É uma tendência que tem se consolidado com mais força a cada ano que passa e que tem atraído mais e mais a atenção das empresas.

Em tempos que a conexão e fidelização do público se torna mais difícil e competitiva, esta pode ser a ferramenta diferencial para encontrar fãs e consolidar a presença da marca na vida dos seus consumidores.

Os anos dourados do podcast são agora e você pode surfar nessa onda

Pedro Padilha
Designer

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *