Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

O poder de uma boa narrativa não pode ser subestimado. De acordo com estudos da Harvard Business School, 95% de nossas decisões de compra acontecem dentro no nosso subconsciente, enquanto outro estudo da Demand Gen Reports revelou que o conteúdo com narrativa visual no marketing B2B aumentou de 8% para 54%, enquanto os infográficos saltaram de 9% para 52%.

Estudos feitos pelo Engine Search Journal indicam que cerca de 63% dos consumidores estão mais propensos a concluírem uma compra em um site que tenham reviews de clientes e avaliações dos produtos, e cerca de 39% desistem da compra após lerem três reviews negativos sobre um produto.

É por isso que o marketing tem aplicado cada vez mais em suas ações e estratégias o Storytelling, a arte de contar histórias envolventes através de palavras, imagens, sons, vídeos e/ou outros artifícios de forma envolvente, criando uma conexão empática com o público-alvo.

O Storytelling se faz presente em diversos momentos de nosso cotidiano, seja na TV, na música, no cinema, na publicidade ou até mesmo em uma conversa descontraída com amigos em uma mesa de bar… Ou seja, o simples ato de contar uma experiência à sua própria narrativa, de forma que seja interessante e relevante à quem ouça, já caracteriza Storytelling.

Mas afinal, o que faz dessa ferramenta tão poderosa e por que tem sido cada vez mais utilizada nas campanhas de marketing e publicidade?

O Storytelling tem se popularizado em estratégias de marketing como ferramenta para se conectar com a audiência, para fugir um pouco da clássica maneira fria e engessada de falar com o público, conquistando assim maior afinidade e empatia com o receptor da mensagem, de forma a mostrar aos clientes em potencial o quanto a empresa, produto ou serviço oferecido é confiável.

Em resumo, o Storytelling é uma forma de chamar a atenção do cliente dizendo: “Tenho algo que merece sua atenção. Venha até mim e te mostrarei o que é!”

Onde posso aplicar o Storytelling?

O Storytelling é uma ferramenta versátil que pode ser aplicada de diversas formas, entre elas:

Branding

Frequentemente encontrado em campanhas de reconhecimento de marca, o Storytelling é muito utilizado para passar conceitos como valores, missão, persona e personalidade da marca.

Redes Sociais

De forma breve, com mensagens curtas e objetivas, podemos empregar o Storytelling em frases e/ou imagens para engajar e emocionar a audiência.

E-Mail Marketing

Contando uma boa história, um case de sucesso ou superação, pode-se gerar conversões influenciando o interesse do leitor em clicar no link e acessar determidados conteúdos ali ofertados.

Vídeos

O conteúdo audiovisual é uma das formas mais atrativas de contar uma história, podemos dialogar livremente com o público através de vídeos e emoções criadas por estes, assim conectando e estabelecendo ligações mais profundas e duradouras com a audiência.

Leia também: Como usar vídeos para vender mais e aumentar o engajamento

Por que devo contar histórias?

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

Hoje em dia, vivemos um período em que tudo é muito relativo, a cada momento, temos cada vez mais alternativas para cada tipo de produto ou serviço oferecido no mercado, e somos o tempo todo bombardeado por todos os tipos de propaganda em todos os ambientes possíveis. Desta forma, as pessoas já não compram um produto apenas pela necessidade, há que ter um envolvimento “recíproco” com o que está sendo comprado. Empregando o Storytelling nos anúncios, conseguimos agregar valor à propaganda, humanizando assim a relação entre a empresa e o público alvo, gerando a empatia necessária determinante na decisão de compra. 

Além dessas, que outras vantagens minha empresa teria aplicando o Storytelling nos anúncios?

Envolvimento – As pessoas têm a necessidade de se sentir representadas por algo, internamente, todos buscam sua própria “jornada do herói”, e costumam identificá-la facilmente espelhada na publicidade. O sentimento de conexão com uma marca, produto e/ou serviço é um elemento poderoso de grande influência na atração e fidelização do cliente.

Fácil de Lembrar – Segundo estudos do psicólogo Jerome Bruner, um fato tem 20 vezes mais chances de ser lembrado quando se tem uma história por detrás da situação.

Sentimentos e Emoções – Todos temos sentimentos, costumamos lembrar das pessoas e ambientes mais pela forma como nos fizeram sentir do que pelo momento em si. Com histórias não é diferente, o público sempre lembrará da marca pelo sentimento causado pelo Storytelling presente no anúncio.

Leia Também: Lives no Facebook e Instagram: Aplique hoje essa estratégia para a sua marca

Interessante! Mas como posso aplicar o Storytelling nos meus anúncios?

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

Para elaborar um bom Storytelling, podemos definir algumas questões básicas para direcionar o briefing do que queremos contar.

O que quero contar?

Antes de qualquer coisa, é preciso definir o que exatamente sobre o que queremos contar. Qual história quero que meu público veja? Vou contar a história da minha empresa? A história de um produto ou serviço específico? Vou contar algo sobre os colaboradores da empresa? Vou mostrar o que estou oferecendo no cotidiano de uma pessoa comum? O que inspira? Como surgiu? Quais os obstáculos superados? Desafios enfrentados?

Para quem quero contar?

Mais do que simplesmente definir o público-alvo, é necessário saber com quem queremos falar, para quem vamos direcionar o anúncio com Storytelling. Quem é a persona que desejo que pare o que está fazendo para ouvir minha história? 

Por que quero contar?

Qual o objetivo do Storytelling no anúncio? Quero simplesmente mostrar a história para chamar atenção e influenciar a consideração da minha marca? Quero oferecer algo e induzir meu público à decisão de compra? Quero me conectar mais com meu público atual a fim de torná-lo fiel à minha empresa? Quero alcançar uma nova audiência através do conceito empregado na mensagem passada através da história?

Como desenvolver meu Storytelling?

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

Tendo definidos os ítens acima, é hora de desenvolver o Storytelling. Já temos em mente a história, para quem e porque contá-la, agora vamos temperá-la de forma a deixar bem atrativa ao público que vamos direcionar. Mas e agora, quais são os ingredientes de um bom Storytelling?

Seus Valores

Quais são os valores do que você está oferecendo? É importante passar o conceito com transparência, e de forma coerente, sugerir sua confiabilidade, mostrar como se diferencia de seus concorrentes e o que faz de sua oferta a melhor escolha.

Defina pontos de embelezamento

As pessoas adoram ouvir histórias e precisamos cativá-las para que queiram ouvir até o final e sempre queiram ouvir novamente sem perder o encanto pelo Storytelling. Para que isso funcione, é preciso definir os pontos de embelezamento dentro da história, ressaltar momentos e detalhes importantes que deverão funcionar como marcos diferenciais e memoráveis à quem quer que ouça o que está sendo contado.

Leia Também: O papel dos digital influencers na construção da sua marca

Adicione apelo emocional

Tendo em mente que as emoções são motores universais que influenciam as decisões humanas, precisamos criar vínculos afetivos com a audiência, causando sentimentos e sensações que ficarão marcadas na memória do consumidor, de forma a aumentar o engajamento, influência e consideração da marca.

Storytelling Cases

Coca-Cola – Um dos casos mais conhecidos do storytelling em estratégias de marketing, e de fato, é uma das marcas que obteve melhores resultados com o uso da ferramenta. Mistério é um ingrediente maravilhoso para as grandes histórias, e a Coca-Cola soube explorá-lo muito bem ao tratar sua fórmula como segredo absoluto, guardá-la em cofres bancários, alimentar especulações a seu respeito, divulgar que apenas dois executivos da empresa têm acesso à fórmula, tudo isso contribui para o fabuloso processo da construção do mito. 

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

Mas além disso, passou a usar também em seus anúncios, histórias carregadas de emoções, como felicidade, amizade, ou simplesmente a capacidade de sonhar, criando marcos na memória do público, como na campanha de dia das mães com a memorável mensagem “Você é essa Coca-Cola toda”.

A Coca-Cola sempre fez e faz um uso importante de boas histórias em sua estratégia de publicidade e também, por alguns anos, ele adaptou todas essas histórias e seu relacionamento com o consumidor com muitas plataformas, mídias e dispositivos. Graças a Tudo isso, a Coca-Cola conseguiu alcançar um relacionamento bem próximo com os consumidores, o que a fez ganhar sua confiança e lealdade.

Natura – Empresa brasileira de cosméticos fundada em 1969. Com o slogan “Bem Estar Bem”, está comprometida em manter o bem-estar das pessoas e do meio ambiente. 

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

A estratégia de marketing adotada pela Natura tem focado em destacar o caráter inovador da marca, contando histórias que as pessoas queiram ouvir em determinado momento com base em atualidades, acontecimentos socioeconômicos, mudanças ou tendências culturais que possam vir a afetar os interesses das pessoas, e consequentemente o mercado. Como por exemplo, considerando o avanço internacional do feminismo entre as gerações mais jovens, em 2018, a Natura lançou a campanha “Forte, Poderosa e Ousada até o Fim”, com a participação de Elza Soares, falando sobre a Casa de Perfumaria do Brasil, que homenageia a força, o poder e a ousadia das mulheres brasileiras. 

A campanha teve um ótimo desempenho, graças a esse trabalho cuidadoso, a Natura está entre as marcas com melhor alcance nas redes sociais e suas vendas melhoram cada vez mais ano após ano.

Chris Haddad – O empreendedor digital conseguiu aumentar sua sua taxa de conversão de 2% para 8%, elevando a sua receita para 7 dígitos vendendo infoprodutos.

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?

A princípio, Chris havia escrito um bom texto para vender seu infoproduto, que ensinava mulheres a encontrar seu par perfeito. Mas, apesar dos esforços, poucos clientes compraram sua oferta.

Então Chris investiu em uma nova abordagem, compartilhando a história de como sua namorada (atual esposa) usou técnicas de apelo emocional para seduzi-lo. Uma clara estratégia de storytelling.

E os efeitos foram mais do que positivos, contar a história aumentou sua conversão em 300%.

Para entender melhor o Storytelling

Em 1949, Joseph Campbell escreveu a obra “O Herói de Mil Faces”, na qual retrata um novo conceito de narratologia que mudaria a forma como compreendemos as histórias. O “Monomito”, também conhecido como “A Jornada do Herói”, descreve vários pontos em comum em histórias desde mitologias antigas até a literatura moderna, os quais viriam a se tornar uma fórmula para o desenvolvimento de histórias envolventes e empáticas de modo a gerar conexão e identificação do público com a história. desde então, esse conceito tem sido cada vez mais explorado pelo cinema, televisão, literatura, música, games, como também pela publicidade e pelo marketing. Esta é uma obra fundamental para quem quer que deseje aprender mais sobre a arte de criar e contar histórias de formas encantadoras e envolventes.

Agora que você já sabe o que é e como funciona o Storytelling, acha que essa estratégia se encaixa no seu negócio? Deixe sua opinião nos comentários.

Storytelling Para Anúncios: Como converter através de histórias?
Johnny Mallmann
Analista de Links Patrocinados

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *