A sensação do momento: Podcasts

Se você está antenado nas últimas tendências do mundo digital,  certamente já deve ter ouvido falar dos podcasts. Este é um formato de bate-papo descontraído, sem roteiro, que dominou as redes sociais e caiu no gosto do público em todo o mundo.

No Brasil, cerca de 30 milhões de pessoas consomem  conteúdos variados mensalmente. Esse hábito teve grande efeito, principalmente, durante a pandemia, pois durante o isolamento social entre 10 ouvintes, 6 deles passaram a utilizar o formato.

Os sucessos dos podcasts se deram por alguns fatos, como a facilidade de adaptação a uma vida multifuncional e a chance de ser consumido sob demanda. E o crescimento da oferta de conteúdos em diversos formatos, nos territórios de notícias, informação e entretenimento, mostra a capacidade de expansão desse público para os próximos anos. E o consumo de áudio digital por meio de plataformas de streaming só aumenta no Brasil. Antes do início da pandemia, já atingia 58% da população brasileira.

Segundo uma pesquisa realizada pela Globo, em parceria com o Ibope, 57% dos entrevistados passaram a ouvir programas em áudio digital durante a pandemia, o que faz o país já ocupar o quinto lugar no ranking mundial dos que tiveram um progresso mais acelerado deste meio de comunicação.

Leia mais: O que são Influenciadores Virtuais e como eles atuam nas redes sociais?

O que é podcast?

 

Hoje, os podcasts se tornaram programas de áudio em formato digital que podem ser em múltiplas linguagens (storytelling/narrativa, mesa de debate, reportagem, análise, ficção e outros), onde o ouvinte tem a capacidade de baixar o conteúdo para consumo ou consumir online. São ordenados por episódios, podem abordar vários temas e ter muitos períodos de duração.

A tecnologia também colaborou muito para o sucesso desses formatos, um exemplo disso são as lives, fazendo com que a proximidade entre os apresentadores, convidados e público fosse maior. Muitas pessoas deixaram o costume de ouvir rádio e assistir às TVs abertas e passaram a consumir apenas ou em sua maioria os streamings. O motivo disso foi a facilidade de assistir o que quiser na hora que puder. 

Por causa do sucesso do formato, muitas celebridades mergulharam de cabeça neste universo. Além de ser uma forma interessante de se comunicar com o seu público, também foi possível aproveitar a liberdade para falar qualquer tipo de assunto, sem se importar com a censura, como ocorre em outros veículos de comunicação.  

Leia mais: Afinal, porque a diversidade é tão importante para a nova era das redes sociais?

Quais as vantagens dos podcasts?

 

Será que vale a pena investir em podcasts? Se você ainda tem alguma dúvida, confira alguns motivos para você investir em um:

Acessibilidade: ouvir o podcast em qualquer momento é uma das suas principais vantagens. Seja durante o exercício físico, uma viagem, ou no trabalho, a possibilidade de acesso ao conteúdo em qualquer hora encanta o público.

Divulgação: A popularidade deste formato foi tão grande que a monetização passou a ter seu espaço nesse mundo. Esse aumento das empresas no investimento e do público reagindo às propagandas muito certamente só ocorreu porque quem está à frente do programa transmite confiança. 

Autoridade no seu segmento: quando ofertamos às pessoas conteúdos que não são tratados ou são pouco falados, você cria a oportunidade para que elas passem a pensar sobre o assunto. 

A popularidade dos podcasts são resultado da disseminação e divulgação de acessibilidade das ferramentas de produção, mas principalmente  pela mudança de hábitos culturais resultantes da expansão das novas tecnologias.

 

Leomara Duarte

SOCIAL MEDIA RUNNINGDIGITAL

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn